SÃO PAULO E SEUS PRINCIPAIS PROBLEMAS

 

POLUIÇÃO

 
ALAGAMENTOS

ALAGAMENTOS
MORADIA

TRÂNSITO
 CRACOLANDIA
 SUPERLOTAÇÃO

Quem mora em São Paulo sente na pele o que é viver numa cidade cheia de problemas ambientais: ar muitas vezes irrespirável, enchentes, lixo nas ruas, congestionamento, degradação nos rios, invasão de áreas de mananciais, ausência de espaços verdes. As agressões tanto à natureza quanto aos moradores da cidade parecem não ter fim - e nem solução. Na verdade, as soluções existem. E todas começam no mesmo lugar: numa mudança na forma de encarar os problemas. 
Em vez de vê-los isoladamente, é preciso descobrir de que maneira eles se relacionam e, 
então, buscar soluções sistêmicas.
O fantasma das enchentes, por exemplo, é resultado da sujeira nas ruas, da ocupação irregular do solo (principalmente em zonas de mananciais) e da falta de parques. A poluição do ar, por sua vez, é gerada pelos 3,5 milhões de automóveis que circulam diariamente ocupando as ruas da cidade e dando um nó no trânsito. Dar um fim em tudo isso é um tremendo desafio. Depende, em grande parte, de governos mais comprometidos com a saúde da cidade e de seus habitantes. Mas depende, também, e sobretudo, de uma mudança na atitude da população frente aos problemas da cidade. Afinal, se São Paulo é como um organismo, tanto a mente quanto o corpo precisam estar afinados. Ou seja: administração e moradores devem estar comprometidos com a qualidade de vida da cidade onde vivem.

FutFanatics - Somos Todos Fanáticos

 PneuStore - Compre Pneu com quem entende

Nenhum comentário:

Postar um comentário